Blog

A HMD Global irá armazenar dados de smartphones Nokia em servidores finlandeses

logotipo do nokia

Desde quando mundial HMD ele notou Nokia, os lucros da empresa voltaram a brilhar, embora ainda estejam longe das glórias do passado. Apesar de tudo, a empresa sempre se concentrou em dispositivos do relacionamento por dinheiro muito conveniente, tornando-se uma marca popular. Basta pensar em toda a gama de baixo custo liderada por Nokia 4.2. É por isso que a Nokia está de volta vender seus smartphones no mercado, ocupando todas as gamas de preços disponíveis. Até hoje, entre outras coisas, armazenamento de dados de usuários da Nokia sempre foi realocado em Servidores chineses e norte-americanos. Parece que a empresa decidiu, no entanto, mudar as cartas na mesa.

HMD Global moverá armazenamento de dados para a Finlândia

Parece que a empresa chinesa, dona da marca Nokia, quer fazer uma mudança substancial na organização corporativa. Do perfil Twitter di Roland Quandt aprendemos, de fato, que em breve A HMD Global localizará o armazenamento de dados de usuários da Nokia em servidores exclusivamente finlandeses, a partir dos clientes em posse de Nokia 4.2. Por um lado, a empresa quer proteger seus usuários, garantindo-lhes maior segurança, e por outro lado, quer disponibilizar os dados de todos os usuários de seus smartphones, para poder oferecer melhores atualizações e uma resposta mais eficiente aos problemas de software. Obviamente, todos os servidores finlandeses que serão utilizados estão sob as disposições do regulamento europeu de proteção de dados.

Do comunicado de imprensa da mundial HMD a vontade de continuar a colaborar com a empresa emerge CGI e Google Cloud, aproveitando a plataforma de armazenamento disponibilizada pela empresa Mountain View. Na verdade, fala-se de uma fábrica localizada na cidade de Hamina, para 50 quilômetros da fronteira com a Rússia.

Nokia que dados serão armazenados nos servidores?

HMD Global Nokia

Olhando para o comunicado de imprensa, não é possível traçar este ponto com precisão. mundial HMD afirmou que deseja armazenar apenas os dados relativos à ativação dos smartphones cadastrados Nokia, bem como outros parâmetros úteis para o desenvolvimento de melhores dispositivos. Com o uso de servidores localizados na Finlândia, e com a ajuda do Google Cloud, a empresa espera poder oferecer aos seus usuários atualizações mais oportunas.

Há alguns meses você vai lembrar as notícias sobre algumas unidades de Nokia 7 Plus, que teria enviado dados confidenciais para servidores chineses. Isso não é voluntário, mas devido a um sistema particular ligado à ativação do smartphone, que permitia enviar algumas informações para a China. Parece que um certo número de aparelhos vendidos na Europa, na verdade, eram caracterizados por uma variante chinesa do software básico, e é por isso que tudo isso era possível.

A HMD Global não pretende cair no mesmo erro, reiterando a alma finlandesa da Nokia.


Não perca nenhuma novidade, oferta ou resenha publicada em nosso site! Siga-nos nas redes sociais para se manter atualizado em tempo real graças a:

Canal de Ofertas , Canal de notícias, Grupo de telegramas, página no Facebook, Canal do youtube e Fórum.